ACIDENTE NA BR-101 DEIXA 04 PESSOAS MORTAS NO DISTRITO DE RANCHO ALEGRE

Um acidente envolvendo um ônibus da empresa Águia Branca e um veículo de passeio deixou os quatro ocupantes do veículo mortos, na BR 101, no Km 898, próximo ao Distrito de Rancho Alegre, área pertencente ao município de Caravelas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu por volta de 00h30, deste sábado, 24 de setembro. Os quatro ocupantes do veículo Fiat/Siena, de cor prata, placa policial MTL 6807, licenciado em Serra/ES, morreram na hora.

Já o motorista e os passageiros do ônibus da Águia Branca, placa policial MTR 4497, nada sofreram. Segundo informações do motorista do ônibus, ele estava indo de Itamaraju com sentido à Vitória com 44 passageiros, quando o veículo Siena, que vinha sentido contrário, perdeu o controle, rodou na pista, invadiu a contramão e bateu a lateral na frente do ônibus. No Siena estava duas mulheres, uma delas no volante, um homem e uma criança entre 6 e 7 anos. Todos morreram no local do acidente.

A delegada plantonista, Waldiza Fernandes, e sua equipe, realizou o levantamento cadavérico e os peritos Paulo Libório e Pablo Bomjardim, os exames periciais no local do acidente. O impacto foi tão forte, que o motor do veículo foi arremessado para longe do local do acidente, e por conta da escuridão não foi encontrado pela polícia. O perito disse que vai voltar ao local quando o dia clarear para encontrar o motor. Das quatro vítimas, três já foram identificadas, pois, foram encontrados seus documentos.
O homem foi identificado como sendo José Viana de Lima. Os documentos da criança não foram encontrados e até o fechamento dessa reportagem, ela não havia sido identificada. As mulheres tratam-se de Luciana Pereira Lima Santos, 47 anos, natural de Medeiros Neto e Gislane Lima Geovanella, 23 anos, filha da Luciana. A polícia ainda não sabe o parentesco do homem e da criança em relação às mulheres, mas, tudo indica que sejam todos da mesma família. Após a perícia, os corpos foram removidos ao IML para exames de praxe.
A polícia aguarda familiares para fazer o reconhecimento do corpo criança. Os ocupantes do ônibus foram colocados em outro ônibus e seguiram viagem. A empresa está dando total apoio às vítimas, e prestando todas as informações à polícia. Os danos ao ônibus foram poucos. Segundo a PRF, as causas do acidente ainda são desconhecidas, a motorista pode ter cochilado, o desnível entre a pista e o acostamento pode ter levado à condutora a perder o controle. O laudo ficará pronto em 30 dias.
Segundo a delegada Waldiza, é lamentável o acidente, a Polícia Civil irá expedir as guias de necropsia e de local. “Tudo será devidamente apurado e encaminharemos os procedimentos para o delegado de Caravelas para as devidas providências”, disse a delegada. Segundo o perito, o impacto foi muito forte, e por os veículos estarem em sentidos opostos, as consequências do impacto dobram nesses casos. Segundo o PRF que esteve no local, trata-se de uma cena triste, especialmente, pela morte prematura de uma criança.
FONTE: LIBERDADE NEWS

Ibametro apreende 16 balanças de pesagens de alimentos em feiras da capital

A Operação conjunta Balança Legal iniciou, nesta quinta-feira (15/09), a sua segunda fase na capital baiana. Desta vez foram retiradas do mercado 16 balanças de pesagens de alimentos, nas feiras de Itapuã, Paripe, Periperi e do Mercado do Peixe, no Comércio. Participaram da força-tarefa o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) e a Polícia Civil através da Delegacia do Consumidor (Decon). A fiscalização foi planejada com base em levantamento do Ibametro sobre a utilização de balanças irregulares no mercado baiano.

Os instrumentos estavam irregulares em relação à legislação metrológica em vigor. Na primeira fase da Operação, realizada em junho deste ano, na capital e interior do estado, foram apreendidas recolhidas 56 balanças, sendo 11 em Salvador.

Irregularidades: O Ibametro, órgão delegado do Inmetro na Bahia e autarquia da Secretaria de desenvolvimento Econômico (SDE), identificou que tais balanças irregulares estão sendo largamente utilizadas em feiras livres baianas, gerando prejuízos aos consumidores e a sonegação fiscal.

“Alguns comerciantes estão utilizando balanças que não preenchem os requisitos de um instrumento aprovado pelo Inmetro, bem como balanças que ostentam logomarca falsificada de empresas fabricantes de balanças autorizadas, podendo lesar o consumidor com pesagem incorreta”, explicou o diretor-geral do órgão, o advogado Luiz Freire.


Outras irregularidades encontradas na operação foram:
balanças que não apresentavam etiqueta do inventário do Inmetro, nem a marca de verificação inicial, bem como também foram apreendidas balanças por crime de descaminho, ou seja, o não pagamento fiscal à Receita Federal.

A retenção de balanças irregulares está amparada na Portaria 236/1994 que normatiza o funcionamento dos diversos tipos de balança aprovados pelo Inmetro no Brasil e pela Lei 9933/1999, que dispõe sobre as atribuições do Inmetro.

Penalidade: Desta forma, os comerciantes estão sendo notificados e intimados para depoimento na Decon. “Além da fiscalização, nós estamos realizando uma ampla campanha educativa, junto a comerciantes e consumidores, esclarecendo o padrão de balanças autorizado pelo Inmetro”, acrescentou Freire.

Ascom/Ibametro

Moro aceita denúncia do MPF e Lula vira réu da Lava Jato

A Justiça Federal do Paraná aceitou nesta terça-feira (20) a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sob acusação de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.
Agora, o ex-presidente vira réu e será julgado pelo juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato que não envolvam pessoas com foro privilegiado.
Caso seja condenado por Moro e também em segunda instância, pelo TRF (Tribunal Regional Federal), Lula se tornará inelegível pela Lei da Ficha Limpa. O petista afirma ser inocente e diz ser alvo de perseguição política.
Lula foi apontado pelo Ministério Público Federal como beneficiário direto de R$ 3,7 milhões de propina, paga pela empreiteira OAS, que seria oriunda de contratos da Petrobras.
Segundo a acusação, o dinheiro foi investido na reforma do tríplex no litoral paulista, que seria destinado ao ex-presidente. A OAS também pagou pelo transporte e armazenamento de bens pessoais do petista de Brasília para São Paulo, após o término de seu governo.
As vantagens indevidas, sustenta a denúncia, teriam saído de um “caixa geral” de propinas devidas ao PT pela OAS, abastecido com o desvio de verbas da Petrobras.
A Folha de S.Paulo revelou que esta informação só aparece no esboço da delação do empresário Léo Pinheiro, sócio e ex-presidente da OAS, cujas negociações foram interrompidas pela PGR (Procuradoria-Geral da República).
A acusação é essencial para caracterizar corrupção, segundo advogados ouvidos pela reportagem. O uso de uma informação que não aparece no inquérito pode abrir um flanco para a defesa contestar as acusações.
‘MAESTRO’ DO ESQUEMA
A força-tarefa da Operação Lava Jato ainda apontou Lula como “o comandante máximo” do esquema de corrupção na Petrobras, apesar de não tê-lo denunciado sob essa acusação -o que foi criticado por juristas e pela defesa do próprio ex-presidente.
Os procuradores argumentam que essa acusação, apesar de exposta na denúncia, está sob investigação da PGR (Procuradoria-Geral da República), e que não seria da competência da força-tarefa.
Além do ex-presidente, se tornaram réus a ex-primeira-dama Marisa Letícia; cinco executivos da OAS (Léo Pinheiro, Agenor Franklin Medeiros, Paulo Gordilho, Fábio Yonamine e Roberto Moreira Ferreira); e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto. Este último é acusado de ser responsável pelo contrato de mudança do acervo de Lula, também pago pela OAS.
Lula ainda é alvo de outros dois inquéritos na Lava Jato, que apuram se ele é o real proprietário de um sítio em Atibaia (SP) e se as palestras dadas pelo ex-presidente após deixar o governo foram pagas com dinheiro oriundo de corrupção. As investigações estão em andamento.
OUTRO LADO
Em pronunciamento no dia seguinte à denúncia, o ex-presidente Lula reafirmou sua inocência, chamou a ação dos procuradores de “show pirotécnico” e afirmou que iria a pé à delegacia caso sua corrupção fosse provada.
A defesa do petista, para quem a apresentação da denúncia foi “um espetáculo judicial e midiático”, sustenta que Lula nunca foi proprietário do tríplex.
O edifício, que estava sendo construído pela Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários), teve uma cota adquirida por Marisa Letícia em 2005. A ex-primeira-dama, porém, optou por receber de volta o dinheiro investido ao final da construção, o que foi feito em novembro de 2015.
O casal, segundo a defesa, visitou o apartamento apenas uma vez e não teve interesse de comprá-lo.
Para o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, a acusação tem cunho político e a Operação Lava Jato visa, desde o seu início, “impor uma condenação a qualquer custo para o ex-presidente Lula e para Marisa Letícia”.
O advogado de Paulo Okamotto, Fernando Augusto Fernandes, diz que não houve vantagem ilícita, e que a mudança dos bens de Lula envolve “um acervo considerado como patrimônio cultural brasileiro de interesse público”.
“A nota fiscal [da mudança] foi emitida em nome da empresa que contribuiu, a OAS, e não houve qualquer falsidade”, argumentou a defesa, em nota.
Procurada, a OAS afirmou, por meio de sua assessoria, que não iria se manifestar sobre a denúncia.
Por Folhapress

RÁDIO CIDADE AM PROMOVE NESTE SÁBADO, DIA 17, GRANDE DEBATE ENTRE OS CANDIDATOS A PREFEITO DE JUAZEIRO

Visando dar oportunidade a um engajamento político da comunidade em torno das ELEIÇÕES 2016, a RÁDIO CIDADE AM promove neste sábado, dia 17 de setembro, das 09h da manhã ao Meio Dia, UM DEBATE POLÍTICO entre os candidatos a prefeito de Juazeiro (PAULO BOMFIM – PCdoB; CHARLES LEÃO – PPS; JOSEPH BANDEIRA – SDD; e MÁRCIO FEITOSA – PRP).
O evento será realizado no Estúdio da RÁDIO CIDADE, situado à Praça Santa Terezinha, 03 – bairro Piranga, e tem como Coordenador o radialista e produtor JOSÉ GERALDO e a Mediação será feita pelo professor, radialista e Diretor da UPE-Campos Petrolina, MOISÉS ALMEIDA, com duração de 03h e 4 (quatro) intervalos.
Consta no Regulamento, a execução de 04 (quatro) blocos, sendo: BLOCO I – DA APRESENTAÇÃO DO PERFIL DO CANDIDATO; BLOCO II – (PARTE I) DO QUESTIONAMENTO ENTRE OS CANDIDATOS (Com temas diversos e sorteados in loco); BLOCO III – (PARTE II) – DO QUESTIONAMENTO ENTRE OS CANDIDATOS, com tema livre: e BLOCO IV – DA DECLARAÇÃO LIVRE DOS CANDIDATOS COM APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE GOVERNO.
Vale lembrar que o seu voto é secreto, mas as propostas dos candidatos, não. Então fique em sintonia com a ordem, o respeito, o progresso e as regras de civilidade.
O DEBATE entre os candidatos à prefeito de Juazeiro também será transmitido pelo site da Rádio Cidade, cujo endereço eletrônico é: www.radiocidadeam870.com.br.

​5Pel/45CIPM,  apreende cocaína durante festa do vaqueiro em Curaçá

Por volta das 21:20h, de 01 de Julho ,  durante os festejos em comemoração ao Vaqueiro em Curaçá, a guarnição de Agrovilas, após abordagem ao suspeito José Alves da Silva, vulgo “Zé Gato”,  natural de Riacho Seco, Curaçá -BA, apreendeu aproximadamente 100g de substância em pasta,  aparentando ser cocaína, acondicionada num saquinho de plástico.  Junto com o referido suspeito fora também apreendidos um veículo tipo motocicleta Marca: Yamaha/ybr 125E Ano:2004/2004 Cor: vermelha Placa:JQN 1376,  Sobradinho -BA. 
Segundo relato do suspeito,  teria adquirido a droga em Juazeiro, no Mercado próximo ao terminal das vans que fazem linha transporte de passageiros para Maniçoba, pelo valor de R$ 630,00 e que iria manipular para aumentar a quantidade e revender em quantidades menores para usuários em Curaçá ou Riacho Seco. O acusado, foi conduzido para DP em Juazeiro, pela ausência de delegado na cidade,  bem como, o veículo e o material apreendido, afim de que sejam tomadas as devidas medidas legais cabíveis.

Homem mata companheira em Bem Bom, distrito de Casa Nova e foge

Feminicídio ocorreu na  rua  Gilson Viana, nº 215, em Bem Bom, Zona Rural de Casa Nova – B.

Um crime chocou a população de Bem Bom, distrito de Casa Nova, na manhã deste sábado 10, na Rua Gilson Viana nº 215.

Segundo a Polícia Militar, era por volta de 07 horas da manhã de hoje, o momento em que a vítima, LETÍCIA FERREIRA DO ROSÁRIO, 36 anos, natural de Casa Nova, sofreu agressão do seu companheiro, JESUS ORLANDO DOS SANTOS GOMES vulgo BAU, 28 anos.

A mesma foi morta por uma perfuração de faca no (peito ou pescoço), não deu para saber o certo, devido a muita quantidade de sangue. O fato ocorreu dentro da própria casa do casal. Depois do crime, o autor evadiu-se tomando destino ignorado.

Ainda não se sabe ao certo o que teria motivado o crime.  O DHPP foi acionado para as medidas de praxe.

Candidatura de DAGMAR NOGUEIRA é indeferida

dagmar-indeferidoCandidata está inapta a concorrer no pleito das eleições municipais em Casa Nova, enquadrada pela Ficha Limpa LC 64/90, de acordo com  a Justiça eleitoral.

Dagmar Nogueira dos Santos Britto da coligação DEM / PR / PSL / PEN / PMB, teve a candidatura indeferida nesta quinta-feira (09), enquadrada na lei da ficha limpa.

 

Segundo informações, nesta sexta-feira (09), o grupo se reunirá com Wilker do posto para definições de alianças.