SHOW DE PADRE ANTONIO MARIA É MARCADO POR CONFUSÃO EM CASA NOVA.

No intervalo da primeira apresentação da Banda “Mãe Imaculada” de Juazeiro-BA, que se fez abertura para o show do Padre Antônio Maria, todos que estavam no palco receberam notificação da Segurança do Evento par se retirar do Palco, ao pedido do Padre.

Imprensa, Fotógrafos, visitantes, entre outros foram convidados a se retirar. Segundo informações o Padre não queria no palco, ninguém a mais que o Prefeito (Eleito, Wilson Cota) e esposa juntamente com o vice e família.

Até então, nada de anormal o mesmo querer ordem e segurança na apresentação, não fosse o fato de optar pela presença de uns e outros não.

A princípio o Padre atendia, em seu Camarim, algumas pessoas escolhidas a Dedo. Quando perguntado por um visitante que buscava visita-lo, o Empresário do Padre, Orlando da Caná Produções explicava o motivo de não atender a todos e, o fato de não poder, segundo ele, antes do Show que estaria prestes a começar também não poderia atender o povo todo da Cidade.

Enquanto isso, o blogueiro Adailton Santana, começou a filmar. Perguntado sobre o que estava filmando foi direto ao assunto: – A imprensa foi convidada a ser retirar. Satirizado pelo empresário, foi convidado a mostrar credencial e se dar a respeito. “A Imprensa tem que se dar ao respeito, eu, por exemplo, estou sendo gravado por você e eu deixo não tem problema”. “Não estou falando nada de errado fazendo nada de errado”.

Menosprezando, o empresário do Padre afirma; Quando tem pessoal da Imprensa que “são Profissionais”, pega credencial antes e pega autorização. A arrogância de Orlando não para por aí.  – “Estou me sentindo mais importante que o Padre, Ninguém pediu pra gravar o Padre, querem gravar a mim… O senhor está e achando interessante, está gravando a minha pessoa”.

Ao ser questionado da importância de filmar em cima do palco, o representante do Padre Afirmou: – “Seria mais importante o senhor filmar o padre lá de baixo, de lá terá uma visão mais bonita, gravar aqui de traz o senhor irá filmar o padre de costas”. Disse.

Em resposta Adailton afirma. “Isso vou aprender com o senhor para me tornar Profissional”.

Perguntado sobre o decreto, o Padre esquivou-se. “Não sei senhor, é com a Organização”. Informado de que o Empresário teria feito à proibição, disse não poder fazer nada.

Fato lamentável que marca mais um episódio de empresário e artistas energúmenos presunçosos que passam por nossa Cidade usurpando de seleções pessoais.

É mais um fato de artistas que se envolvem em polêmicas na Cidade. Há pouco mais de 02 anos na festa do Interior, Amado Batista ao ter o pedido de uma Locutora para tirar foto afirmou: Vim aqui pra cantar, não pra tirar fotos. Roberta Miranda há pouco mais de 02 anos foi à vítima da má qualidade do som do evento, na época, Roberto Som.

Facebook Comments