MDB terá chapa pura e deve indicar uma mulher para vice de Meirelles

MDB terá chapa pura e deve indicar uma mulher para vice de Meirelles

BRASÍLIA (Reuters) – Às vésperas da convenção que irá confirmar Henrique Meirelles como candidato, o MDB desistiu de acertar alianças com algum partido de maior peso e irá para a eleição com uma chapa pura, possivelmente com uma mulher ao lado do ex-ministro da Fazenda.

De acordo com duas fontes ouvidas pela Reuters, o partido, que ainda tentava uma negociação com o PROS e imaginava ceder a vice-presidência para o ex-deputado Maurício Rands -hoje secretário da Organização dos Estados Americanos (OEA)- não conseguiu avançar nas conversas.

Partido do governo e antes aliado cobiçado, o MDB chegará ao pleito sozinho ou aliado com dois partidos pequenos que, segundo uma das fontes, “não tem material para indicar um vice”.

A tendência do partido é indicar uma mulher do próprio MDB para compor a chapa com Meirelles, mas nomes ainda estariam sendo avaliados e vão ser discutidos com o candidato. O partido deve tentar fechar a indicação na quarta-feira para chegar à convenção, na quinta, com a chapa completa.

Facebook Comments