Astafran faz entrega de 03 cadeiras de rodas a pessoas carentes em Casa Nova-BA

Na manhã desta sexta-feira (06), a Associação de Transporte Rodoviário de Médio São Francisco (ASTRAFRAN), fez a entrega de 03 (três) cadeiras de rodas a famílias carentes nos bairros Vila Galvão e Vila Azul, em Casa Nova norte da Bahia.

A entrega foi realizada nas residências dos próprios moradores. A ação foi feita em parceria com a Coordenadoria da Pastoral da Pessoa Idosa e dos representantes da entidade “Os Vicentinos”, que auxiliaram a empresa indicando as pessoas mais necessitadas assistidas com as doações.

Duas pessoas foram contempladas com cadeira de rodas higiênica. Maria Aparecida da Silva e Maria das Graças Pereira da Silva, residentes no bairro Vila Galvão e Joana Pereira da Silva moradora da Vila Azul ganhou uma cadeira de rodas para uso de locomoção no cotidiano.

Emocionada, a Srª Joana Pereira da Silva, não teve palavras para agradecer o benefício, a representante da idosa, Cristiniana Santos relatou as dificuldades que a idosa enfrentava para se locomover, sem cadeira de rodas. “Imaginar o que passa por complexidade impedindo-a de andar, difícil”, lamentou.

 

Coordenadores do projeto de doação, motoristas, presidente e diretores da Associação estiveram presentes, com o registro da Imprensa Local, Rádio Casa Nova FM e Site Portal Casa Nova. O presidente em exercício Marconio comentou que, desde 2008, no início da sua gestão já fazia o trabalho de Ação Social, como doações de cestas básicas em Santana do Sobrado e na sede. A entrega dessas 03 cadeiras é o início de novo projeto que será realizado a cada 02 meses, a partir de agora. “Para nós é uma satisfação poder ajudar as pessoas que precisam, e ver que com poucos recursos podemos mudar tanto a vida do outro”, frisou Marconio.

Os motoristas lembraram que o grupo está aberto a sugestões de futuros contemplados e destacam que a ação deveria servir de exemplo aos empresários locais, que possam contribuir com as famílias mais carentes.

Joana Pereira Maria Aparecida Maria das Graças

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.