Casa Nova - BA há prefeito, mas não há deputado, afirma comunitário Avelar Nunes

O município de Casa Nova, em especial nas comunidades rurais, a exemplo de Lagoa do Mato, Lagoa do Angico, Mandacaru e adjacências sonham em ser contemplados com a "Luz para Todos", pois ainda vivem na “escuridão”. Mesmo com a rede de energia elétrica da chesf passando por dentro das comunidades rurais citadas, há mais quatro décadas, cerca de 400 pessoas divididas em 40 famílias, vivem sem ter o acesso energia elétrica.

De acordo com comunitário Avelar Nunes, que mora em um sitio da região escura de Casa Nova, a população vive o regime de escravidão moderna e clama pela energia. Para ele o programa "Luz para Todos" do governo federal, exclui parte do município, que também integra o mapa do Brasil.  A gente pede aos deputados que tiveram votos aqui na região, que busquem energia para nós com urgência, mas, eles parecem que não escutam o nosso apelo”, declarou. Os deputados estaduais, Roberto Carlos (PDT) e Adolfo Viana Neto (PSDB) quando candidatos prometeram aos moradores das comunidades rurais de Lagoa do Mato, Lagoa do Angico, Mandacaru e adjacências ações parlamentares, que na opinião da comunidade ficaram apenas no discurso político.


Questionado sobre as ações dos deputados na região Avelar Nunes, afirma que desconhece tais atos. “Até agora não sei de nenhuma ação  dos nossos deputados estaduais, o que nós temos hoje de ação política acontece através da prefeitura de Casa Nova, o pessoal está revoltado, infelizmente vivemos no escuro, é lamentável que em pleno século XXI, tudo aqui é na base do candieiro, na realidade o nosso sentimento é que nós temos prefeito, mas não temos deputados”. Alfinetou Avela Nunes.

Com informações de Jean Brito Radialista

Um comentário:

  1. Prezado Avelar, quando eles estiveram ai foi antes de serem eleitos, e com certeza não vão te ouvir, e estarão de volta nas próximas eleições. O governo federal não exclui parte do município, o que falta e a cobrança, comprometimento com o nosso povo, mais vontade politica, principalmente do deputado Viana, que é filho da terra e que deveria seguir o exemplo do atual prefeito Wilson Cota, que mesmo diante das dificuldades e das heranças malditas deixadas por administrações anteriores busca incansavelmente o melhor para esta terra.

    ResponderExcluir

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.