Plano Plurianual foi discutido em Casa Nova - Ba

Melhorias na infraestrutura nos setores da cidade, saúde, investimentos em educação, construção de centros culturais, foram algumas das pautas das reuniões ocorridas no  último fim-de-semana durante dois dias, quarta e quinta-feira, na colônia de pescadores em Casa Nova, promovidas pelo vereador João Honorato (PP).

O Vereador João Honorato abriu a reunião, na terça-feira (09), com moradores e autoridades para tratar do Plano Plurianual (PPA) do município, que traça as diretrizes da administração municipal pelos próximos quatro anos.

O evento foi realizado durante dois dias, 09 e 10 de outubro, na Colônia de Pescadores de Casa Nova. “O PPA é uma peça, um instrumento do planejamento municipal, previsto no artigo 165 da Constituição Federal, que estabelece metas, diretrizes e objetivos para o período de 4 anos”, explicou João Honorato.

Estiveram presentes vice-prefeito do município Maninho, o empresário Adolfo Viana, vereador Vanderlin Carvalho, representantes de organizações sociais, representante de instituições governamentais e atendendo ao convite do vereador estudantes, professores, e a população lotou o auditório do recinto.

Durante o encontro, a equipe de governo do prefeito Wilson Cota representado pelo seu vice-prefeito maninho, auxiliou a população e tirando dúvidas durante o planejamento das propostas.

“Agradeço a população que aceitou e atendeu ao nosso convite, essa reunião pública com a presença em massa da população é a prova de que as pessoas aos poucos mudam a sua visão política e passa a participar dos assuntos de interesse da sua cidade,” Declarou vereador João Honorato.

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.