Secretária de Educação Maria Aparecida diz estar otimista para a evolução da educação em Casa Nova.

1AcidaO município de Casa Nova-BA recebeu no último domingo (29), o “Aulão da Revisão” que faz parte do cursinho Universidade para Todos (UpT). A prefeitura municipal através da secretaria de Educação em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), realizou,  “Aula de Reforço” com o auxílio de monitores que são universitários e professores da rede estadual.

 

A secretária de Educação do município de Casa Nova Maria Aparecida Fernandes “Cida”, diz que é de suma importância as atividades para os pré-universitários além de reforçar os principais assuntos que caem nos testes. A aula foi feita com apresentações de forma descontraída e com uma linguagem objetiva. “Os monitores satisfeito com a participação dos alunos querem voltar e promover novo encontro para reforçar as disciplinas. Iremos incentivar a realização de mais um Aulão, pois visa proporcionar à alunos de escolas públicas, estaduais e municipais a possibilidade de aprovações em universidades públicas e privadas”, disse.

 

Ainda de acordo com a secretária o trabalho desenvolvido pela secretaria tem melhorado paulatinamente devido as circunstâncias que foi encontrada: Escolas sucateadas sem condições de funcionamento. A prefeitura tem investido constantemente nesta área doando fardamentos, na reforma e climatização das escolas e creches existentes. “Os alunos tem tido mais ânimo para frequentar a sala de aula, recentemente com a reforma da creche Tia Zizi, ouvimos da promotora elogios ao trabalho feito em prol do bem estar dos alunos. Isto representa que estamos preocupados em acomodar os alunos em geral”, pontuou.

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.