Vítima de golpes de foice não resiste e morre

Um homem morreu nesta quinta-feira 28 depois de que deu entrada ao chegar em estado gravíssimo, no dia 21 de agosto, no hospital de Traumas em Petrolina, sertão de Pernambuco.

Segundo informações, Luciano Silva, 22 anos, teria sido atingido na cabeça por pancadas desferidas pelo algoz, ele foi atacado na cidade de Casa Nova,  não se sabe o que motivou tanta barbaridade.

Na última sexta-feira 29 após oito dias, o plantão do DHPP foi acionado pela direção do hospital de Traumas, dando conta de que a vítima do espancamento foi a óbito no início da manhã.

Prepostos do IML deslocaram e removeram o cadáver para o setor de necrópsias da 17ª COORPIN em Juazeiro. Mais conhecido como Gordim, Luciano tinha 22 anos, era filho de Eloina e Seu Pedro, morava na Vila Papelão e logo após a festa do interior foi atingido de foice, na cabeça, tendo sido internado no Traumas, em Petrolina, morreu na tarde de quinta-feira 28. Os familiares de Gordim são de Araripina e Petrolina.

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.