Deputado Roberto Carlos e pré-candidatos a vereador do PDT se reúnem com Paulo Bomfim












Após o anúncio da aliança com o PDT no último domingo (31), durante a Convenção do PCdoB, o pré-candidato a prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, se reuniu nesta terça-feira (02), com o deputado estadual Roberto Carlos, os pré-candidatos a vereadores do PDT, a diretoria do partido e o prefeito Isaac Carvalho.

O deputado estadual Roberto Carlos disse que, durante as discussões da aliança entre o PDT e o PCdoB, foi quase unânime a aprovação entre os pré-candidatos a vereadores do partido. “Quero dizer que nós estamos à disposição de Paulo Bomfim e do prefeito Isaac para caminharmos juntos nesse projeto. A gente entende que Paulo reúne as condições ideias para administrar Juazeiro, e acreditamos que ele vai fazer mais e melhor do que Isaac fez por nossa cidade. Com os nossos correligionários, vamos ajudar Paulo a realizar um grande mandato para que Juazeiro cresça ainda mais”, ressaltou o deputado.

Estou feliz com a aliança do PDT. Veio para fortalecer ainda mais este projeto, e dessa maneira contribuir para melhorar a vida do povo de Juazeiro. Só tenho a agradecer a todos vocês pela confiança e por acreditar que Juazeiro está no rumo do desenvolvimento”, ressaltou o pré-candidato, Paulo Bomfim.

O prefeito Isaac Carvalho também comemorou a aliança com o PDT. “Quero dizer da nossa alegria de celebrar esta união, tenho certeza que a soma desse grupo do deputado Roberto Carlos , mais o nosso projeto, nos fortalece, e Juazeiro, que é nossa prioridade, vai avançar ainda mais. Quero dizer aos pré-candidatos do PDT que estamos juntos e vamos trabalhar pelo coletivo”, ressaltou o prefeito.

Os pré-candidatos a vereadores do PDT também manifestaram a satisfação da aliança, e afirmaram que estão juntos com Paulo Bomfim. Estavam presentes também na reunião o vereador, Dalmir Pedra (PP), o diretor do PCdoB, Clériston Andrade e membros da diretoria do PDT de Juazeiro.

Ascom Paulo Bomfim

 










Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.