CASO INUSITADO: MULHER É PRESA POR MANTER O MARIDO ACORRENTADO EM CASA DURANTE O CARNAVAL



CASO INUSITADO: MULHER É PRESA POR MANTER O MARIDO ACORRENTADO EM CASA DURANTE O CARNAVAL

Um homem identificado por Aguinaldo dos Santos foi acorrentado pela sua esposa na noite de quinta 27 de fevereiro enquanto dormia, em Campo Verde-GO.

De acordo com a Polícia Militar goiana, o homem ficou acorrentado durante os 5 dias de carnaval, ele foi liberto na última quarta-feira (06) de março, após vizinhos ouvirem os gritos de socorro.

Ainda segundo a Policia Militar, o homem acordou na sexta-feira já acorrentado e passou os 5 dias de carnaval sem poder sair de casa.

Além de manter o marido acorrentado em casa, Jéssica Balbino, de 23 anos, foi todos os dias para o carnaval de sua cidade e cidades vizinhas e ao chegar em casa fez questão de mostrar as fotos para o marido que acorrentado e amordaçado não pode fazer nada.

Fonte: Site:Guia Pernambuco

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.