Deputado Roberto Carlos apresenta pleitos de Juazeiro, Filadélfia e Senhor do Bonfim na Seagri e é atendido


Deputado Roberto Carlos apresenta pleitos de Juazeiro, Filadélfia e Senhor do Bonfim na Seagri e é atendido





O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, promoveu uma audiência na Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura – Seagri, com o secretário Lucas Teixeira Costa, o assessor do município de Juazeiro, Luizinho Dantas, o ex-prefeito de Filadélfia, Barbosa Júnior e o Secretário Municipal de Agricultura de Senhor Bonfim, Fábio Cedraz, para apresentar os pleitos dos três municípios, bem como a liberação de tratores e implementos agrícolas para o fortalecimento da agricultura nas respectivas cidades.





Segundo o parlamentar, o que se pretende é ampliar as estratégias de incentivo à agricultura nos municípios, formulando e executando políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária. “Conheço os principais dilemas da agricultura do povo sertanejo, devido aos problemas causados pela estiagem em nosso Estado, pois sou um homem do sertão. Vou trabalhar para que possamos criar mais políticas públicas que beneficiem os agricultores de toda Bahia, em parceria com o estado e com os municípios”, disse o deputado Roberto Carlos.





O Secretário Lucas Teixeira garantiu que, ainda este mês, serão liberados tratores e implementos agrícolas para atender os anseios dos municípios, apresentados pelo deputado Roberto Carlos e representantes políticos de Juazeiro, Filadélfia e Senhor do Bonfim, durante a reunião.






Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.