Casa Nova: Prefeitura garante peixe da Semana Santa na mesa de 10 mil famílias

Casa Nova: Prefeitura garante peixe da Semana Santa na mesa de 10 mil famílias
Desde a manhã desta quarta-feira (17/04) e vai se estender por toda a quinta-feira (18/04) a distribuição de 10 mil quilos de peixe à famílias carentes de Casa Nova.
No que já está se tornando uma tradição que o prefeito Wilker iniciou e que quer dar continuidade a cada ano, milhares de pessoas se aglomeraram diante dos caminhões nas localidades definidas para a distribuição.
“É nossa lembrança da Semana Santa, da crucificação e da alegria da ressureição e a festa da Páscoa” – comentou na manhã de hoje o prefeito Wilker Torres ao ajudar na distribuição na Colônia de Pescadores, local escolhido para a distribuição na sede do município – “Temos trabalhado muito para proporcionar mais saúde, mais condições de trabalho à nossa gente e melhor educação aos nossos jovens. Ao ajudar na distribuição lembrei da passagem bíblica em que Jesus alimenta uma multidão de 10 mil pessoas com dois peixes e cinco pães. Orei e pedi para ter forças de continuar esse trabalho”.
“Feliz Páscoa a todos! Que os peixes de hoje não sejam apenas o alimento da sexta-feira, mas que se multipliquem em cada casa, em cada lar, durante todo o ano” – encerra.
A distribuição aconteceu nesta quarta-feira, além da sede, na localidade Lagoa dos Tintinos na sede da associação e continua na quinta-feira em Santana do Sobrado: Escola Municipal da Praça, São Luiz: Escola Municipal, Riacho do Sobrado: Escola Municipal, Lago: Escola Municipal, Lagoa do Alegre: Escola Municipal, Poço da Pedra: Escola Municipal Bem-Bom: Escola Municipal, Pau a Pique: Escola Municipal, Tiririca: Escola Municipal, Luiz Viana: Escola Municipal e Ouricuri: Escola Municipal.


O peixe é destinado a famílias cadastradas no Bolsa Família. Durante a manhã o prefeito Wilker Torres, o suplente de senador da Bahia, Bebeto Galvão, secretários municipais e vereadores, ajudaram na distribuição.
Ascom


Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.