Com fazendas de uvas em Casa Nova e Juazeiro, Labrunier é vendida a grupo espanhol

Com fazendas de uvas em Casa Nova e Juazeiro, Labrunier é vendida a grupo

A espanhola El Ciruelo comprou 100% da Labrunier, empresa líder em produção, venda e exportação de uvas de mesa no Brasil, que pertencia ao Grupo JD. A operação inclui a Bravis, braço comercial da Labrunier, com subsidiárias no país e na Holanda. O preço da aquisição não foi divulgado.



Conforme informações de mercado, transações de compra e venda no setor são avaliadas, mundialmente, de quatro a seis vezes o Ebitda anual, e a margem Ebitda do segmento fica em torno de 15% a 20%.

Com 2.422 hectares, as plantações da Labrunier ficam em 4 unidades localizadas nas cidades de Petrolina e Lagoa Grande (Sertão pernambucano) e Juazeiro e Casa Nova (no norte da Bahia). A empresa tem uma das maiores áreas experimentais do mundo para desenvolvimento de variedades de uva. Do total produzido, 60% é vendido no mercado doméstico, e 40% direcionado para exportação.

Operação

A Duff & Phelps é assessora financeira da operação, representando a família brasileira que era dona da Labrunier, enquanto a Garrigues assessorou os compradores. A operação está sujeita a aprovações das agências regulatórias do Brasil, da Holanda e da Espanha.

Segundo o diretor-executivo da Duff & Phelps, Alexandre Pierantoni, com a transação, a empresa espanhola terá acesso a “produtos frescos e a colheitas durante o ano todo“.

(Com informações do jornal Valor Econômico)

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.