Homem é preso suspeito de mostrar pênis para menores em praça no Centro de Juazeiro

Policiais militares prenderam um homem suspeito de mostrar o pênis para quatro meninas na Praça da Bandeira, no Centro de Juazeiro, na tarde de ontem (2). As vítima correram e pediram ajuda a policiais do Grupamento Carcará, que prenderam o suspeito.
As menores contaram que faziam um trabalho da escola, quando foram abordadas pelo suspeito, que pegando no órgão genital, realizava atos obscenos e expressões corporais de conotação sexual, chegando ao ponto de tentar agarrá-las, momento este que elas correram em busca de ajuda.
O homem foi detido na praça da Misericórdia, também no Centro, posteriormente identificado pelas vítimas. O suspeito é morador de Petrolina, segundo o Grupamento Carcará, e já foi preso outras vezes com drogas.
Uma das meninas está grávida e necessitou de atendimento médico devido ao estado emocional abalado que se encontrava. O Grupamento Carcará contou com o apoio de ma viatura da 73ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que conduziu o suspeito à delegacia. forte carlos Britto

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.