POLÍCIA FLAGRA FURTO DE ENERGIA EM FAZENDA DE JUAZEIRO, BA

Uma denúncia encaminhada à polícia, relacionada a furto de energia elétrica, levou a equipe da Delegacia Territorial (DT), de Juazeiro, a uma propriedade rural, localizada no distrito de Junco do Salitre, zona rural da cidade, onde o crime vinha ocorrendo.

A delegada Adelina Castro, da DT/Juazeiro, informou que a polícia encontrou no poste onde estava instalado o medidor, um cabo com três fios e seis “jacarés” que desviavam a energia elétrica, para que não fosse contabilizado o consumo.

A equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) identificou que a estrutura alimentava uma bomba que captava água do rio Salitre, utilizada para irrigar as plantações da propriedade. “A captação desordenada de água do rio pode configurar crime ambiental e será também submetida à investigação após análise de risco pelos órgãos competentes”, explicou a delegada.

A polícia apurou que o dono da propriedade, que já havia sido flagrado pela mesma prática, fez um acordo com a concessionária e abriu um processo judicial por danos morais.

Um dos objetivos do “gato” de energia encontrado na propriedade seria provar que o valor cobrado pela concessionária de energia estava incorreto. “O que pode configurar fraude processual”, pontuou a delegada.

O arrendatário da propriedade, Adeilson Alves dos Santos foi autuado em flagrante por furto e o material utilizado no crime, apreendido. 

Fonte: Ascom-PC

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.