REDE BAHIA EMITE NOTA SOBRE DEMISSÕES NA TV SÃO FRANCISCO E NEGA FECHAMENTO DA TV OESTE


Rede Bahia emite nota sobre demissões na TV São Francisco e nega fechamento da TV Oeste
Por meio de sua assessoria, a rede Bahia emitiu, na noite desta segunda-feira (6), uma nota de posicionamento sobre as alterações realizadas nas TV São Francisco e TV Oeste, filiais do grupo nas cidades de juazeiro e barreiras respectivamente.

De acordo com o comunicado, as duas emissoras "começam a operar com um novo modelo de produção de conteúdo" e que "equipes de reportagem vão produzir matérias que serão exibidas para todo o estado pelo 'Jornal da Manhã', 'Bahia Meio Dia' e 'BATV', através da TV Bahia, em Salvador".

A assessoria da Rede Bahia afirmou que "não é real" as informações sobre o fechamento das TV Oeste e São Francisco e que foram mantidas as "equipes de reportagem, toda área comercial e de marketing, além da equipe técnica".

A nota oficial volta a esclarecer que as mudanças fazem "parte do redesenho de portfólio de produtos e governança das empresas que compõem a Rede Bahia, que foi anunciado no início de maio. Com isso, alguns profissionais finalizam seus ciclos, seja por aposentadoria, para assumirem novos desafios ou por decisão empresarial". Em relação aos profissionais desligados das duas filiais, a TV Oeste e TV São Francisco "agradecem pelo tempo dedicado e pelo trabalho realizado".

Por fim, o comunicado também informa que "as emissoras continuam integrando a Rede Bahia, produzindo informes diários ao longo do dia, participando de entradas ao vivo e/ou gravadas para os programas estaduais ou nacionais (Globo e Globosat). Além disso, as emissoras seguem apoiando as manifestações culturais das suas regiões e dando visibilidade e cobertura para assuntos de interesse da comunidade".

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.