Líder de facção que atua na Bahia é preso em Alagoas

Apontado como líder de uma facção criminosa que atua na Bahia, Rafael Almeida de Jesus, o "Rafinha", foi preso nessa sexta-feira (31), em Maceió. A prisão foi fruto de uma ação conjunta das forças de segurança da Bahia e de Alagoas, que o encontraram escondido em um imóvel.

Rafinha era o membro '8 de Paus" do "Baralho do Crime" da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). A ele são atribuídos os crimes de tráfico de drogas, de armas, homicídios, roubos e corrupção de menores.

"Rafael tem como redutos o bairro de São Cristóvão e também a região do Jardim das Margaridas. É mais um alvo relevante que tiramos de circulação com muita dedicação e empenho", declarou o diretor do DHPP, delegado José Bezerra.

Agora que ele já foi detido, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) realizam as devidas tratativas na capital alagoana para que ele seja trazido de volta à Bahia.  

Fonte BN

Nenhum comentário:

Regras do site
Não serão aceitos comentários que:
1. Excedam 500 caracteres com espaço;
2. Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
É qualquer ofensa à dignidade de alguém. Na injúria, ao contrário da calúnia ou difamação, não se atribui um fato, mas uma opinião. O uso de palavras fortes como "ladrão", "idiota", "corrupto" e expressões de baixo calão em geral representam crime. A injúria pode fazer com que a pena seja ainda maior caso seja praticada com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem.
3. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
4. Não tenham relação com a nota publicada pelo site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.

Tecnologia do Blogger.